You are here
Home > Clube > Estádio

Estádio Nicolau Alayon 

Capacidade Atual: 10117
Endereço: Rua Comendador Souza, 348 – Barra Funda – São Paulo/SP
Inauguração: 14/05/1938
Primeiro Jogo: SPRAC 1 x 2 Corinthians
Ficha Técnica
Gols: Carlos Leite (1-0/12’min-2º), Teleco (1-1/23’min-2º) e Sabratti (1-2/45’min-2º)
Expulsões: Passarinho e Cipó (SPR) – Wilson (Corinthians)
SPRAC – Clodo; Mantovani (Celso) e Passerini; Cipó (Mantovani), Silva e Ulysses; Agostinho, Passarinho, Carlos Leite, Vanni e Junqueirinha.
Corinthians – Faustino; Saraiva e Carlos; Jango, Tião e Paulo; Sabratti, Servilho, Teleco, Carlinhos e Wilson.
Dimensões do Gramado 117,50 x 71,60mts

Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Em 1919 quando o então superintendente da antiga São Paulo Railway (SPR) o Sr. Arthur J.Owen cedeu uma vasta área do terreno próximo a estação Água Branca para ali se instalar o campo de esportes, local de lazer para os funcionários e atletas da recém fundada São Paulo Railway Athletic Club. Após 18 anos da doação, o Nicolau Alayon uruguaio presidente da SPRAC decidiu pela construção do estádio iniciando-se em 1937 e terminando no ano seguinte. Inaugurado no dia 14 de maio de 1938, o Nacional foi derrotado por 2 a 1 pelo Corinthians.

Matéria

Matéria do Jornal OESP em 1938 com o relato da partida.

Record de Público

O Record de Público no estádio foi confirmado nos jornais da época no campeonato Dente de Leite de 1970 onde o Nacional bateu o São Paulo pelo placar de 1 a 0, gol de MONGA, o artilheiro que sonhava em ser como o Pelé, neste dia uma rodada dupla ocorreu pela manhã com o Juventus a bater a Portuguesa pelo placar de 5 a 0, e no jogo de fundo o Nacional bateu o favorito São Paulo FC pelo placar de 1 a 0. Nesta época o craque do time dente de leite do tricolor era Muricy Ramalho. Confira um pouco sobre o que falaram os jogadores e organizadores da época neste vídeo que foi idealizado por alunos da Universidade Metodista de São Paulo.

https://www.youtube.com/watch?v=4NfuEaojHgU

Matérias da Época

Revista Placar 3-abr-1970
Diário de Noticias – Edição Matutina

Pelas informações da época acredita que 22mil pessoas se espremiam no Estádio Nicolau Alayon, outras ficavam para fora na tentativa de adentrar ao estádio.

Curiosidades

– O estádio é o único brasileiro a homenagear um estrangeiro, Nicolau Alayon uruguaio e entusiasta do futebol brasileiro.

– Situado no bairro da Barra Funda, o Estádio Nicolau Alayon, do Nacional Atlético Clube também é conhecido pelo nome de Comendador Souza, por conta de uma das ruas que dá acesso às suas dependências. A outra entrada é pela Avenida Marquês de São Vicente, 2477

– Em 1956 o Nacional-URU jogou o torneio Roberto Gomes Pedrosa no qual sua agremiação ficou hospedada nas dependências do estádio Nicolau Alayon, o clube uruguaio também treinava no recinto, como não havia um total considerável de jogadores o Ferrinho emprestava jogadores para completar os treinos dos uruguaios.

– No ano de 1963 o estádio Nicolau Alayon foi palco de partidas de seleções que disputaram o PANAMERICANO de 1963 que ocorreu na cidade de São Paulo. Na foto acima a imagem captada do jogo Chile 0 x 0 Argentina disputada no estádio da Comendador Souza. (Video dos Jogos). Também ocorreu a disputa de 3º lugar na qual o Chile venceu o Uruguai por 2 a 1.
Top