You are here
Home > Notícias > Futebol > Naça perde para Corinthians em jogo-treino

Naça perde para Corinthians em jogo-treino

O Nacional perdeu por 4 a 0 para o Corinthians, em jogo-treino realizado no CT Joaquim Grava, zona leste de São Paulo, na manhã desta terça-feira (30/01). Os gols foram marcados por Lucca (2), Mateus Vital e Camacho.

A atividade serviu como preparação para a partida contra o Taubaté, que ocorrerá na próxima sexta-feira (02/02), às 16h00, no Nicolau Alayon, válida pela quinta rodada da Série A2 do Campeonato Paulista.

O jogo-treino foi dividido em três tempos de 30 minutos. O técnico Betinho utilizou quase todos os jogadores do elenco.

Na primeira etapa, o treinador colocou a seguinte escalação: Felipe; Douglas, Jeferson, Chiclete e Caio Mendes; Rodrigo, Thiago Santos, Naldinho e Emerson Mi; Josué e Bruno Xavier. Já o técnico corintiano Fábio Carille escalou atletas como Sheik, Henrique, Renê Júnior, Lucca, Camacho e alguns jogadores revelados na base.

O Naça sofreu dois gols em cobranças de falta. No primeiro, Mateus Vital lançou na área e Lucca completou. No segundo, o próprio Vital cobrou direto e a bola entrou na meta defendida por Felipe. A melhor chance do Nacional foi um chute de Naldinho que explodiu na trave corintiana.

O atacante Bruno Xavier teve ainda duas boas oportunidades de marcar.

No segundo tempo, Betinho fez algumas alterações e promoveu as entradas do atacante Bruno Nunes, do lateral esquerdo Samuel Balbino, do meia Vitor Braga e do volante Everton, entre outras. O time tomou mais dois gols. Lucca, após tabela, concluiu na saída do goleiro e fez o terceiro do Corinthians. Depois, Camacho, ao arriscar de fora da área, contou com um desvio na zaga para marcar o quarto.

Já no terceiro tempo, os dois técnicos modificaram suas equipes. No Corinthians, Carille voltou com alguns nomes conhecidos como Fellipe Bastos, Pedrinho, Carlinhos e Giovanni Augusto. No entanto, não houve mais gols.

Para Betinho, o Naça se comportou bem, porém pecou nas bolas paradas. “É algo que vamos corrigir. No mais, o time fez o que se esperava. Marcou forte, deu poucos espaços e criou algumas oportunidades. O primeiro time deve ser o que vai enfrentar o Taubaté na sexta-feira”, analisou.

Texto: Colaboração Vinícius Bacelar

Fotos: Ale Vianna/ Divulgação Nacional

Deixe uma resposta

Top