You are here
Home > Notícias > Futebol > Naça é superado pelo Guarani em Campinas

Naça é superado pelo Guarani em Campinas

O Nacional perdeu para o Guarani por 2 a 0, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, na tarde deste sábado (20/01), pela segunda rodada da Série A2 do Campeonato Paulista.

Os gols foram marcados pelo atacante Erik, aos 45 minutos do primeiro tempo, e pelo meia Rondinelly, já nos acréscimos da etapa final.

Com o resultado, o Naça continua sem vencer na competição. Na estreia, a equipe havia empatado em 1 a 1 com o São Bernardo, em casa, e soma um ponto no torneio.

O JOGO

A partida começou equilibrada no Brinco de Ouro da Princesa. A primeira oportunidade foi dos mandantes, em uma cobrança de falta defendida pelo goleiro Felipe.

O Nacional respondeu aos 15 minutos, quando o meia Vitor Braga invadiu a área, cruzou rasteiro e a zaga do Guarani afastou o perigo.

O time de Campinas ainda exigiu algumas boas defesas do goleiro do Naça, porém, a melhor chance foi criada pela equipe da capital. Aos 30, Luizinho roubou a bola no meio de campo, arrancou e chutou para a boa defesa do goleiro Bruno Brígido. No rebote, Negueba concluiu para outra intervenção do atleta do Guarani.

Dez minutos depois, o Nacional teve outra oportunidade. Thiago Santos arrematou da entrada da área, a bola desviou na zaga do Guarani e saiu pela linha de fundo.

Após perder estas boas chances, o Naça foi castigado com um gol aos 45 minutos. Erik cobrou uma falta da intermediária e colocou os mandantes em vantagem. Guarani 1 a 0.

Na volta do intervalo, o técnico Betinho tirou Thiago Santos para a entrada de Naldinho. O atleta, em seu primeiro lance, recebeu livre na área, porém concluiu por cima da meta da equipe de Campinas. Na sequência, o zagueiro Willian Rocha, do Guarani, bateu de primeira e obrigou o goleiro Felipe a fazer outra grande defesa.

Aos 14, o lateral Thiaguinho finalizou na área do Guarani e a bola passou rente à trave direita do goleiro Bruno Brígido. O Naça voltou a assustar com Naldinho, aos 27. Brígido, novamente, apareceu para impedir o gol dos visitantes.

Betinho tentou deixar o Nacional mais ofensivo com duas alterações: Marcelinho no lugar de Ferdinando e Bruno Xavier na vaga de Luizinho. O time até teve uma chance de empatar aos 45 minutos, mas a defesa do Guarani afastou para escanteio.

No lance seguinte, Rondinelly, livre na área, bateu na saída de Felipe e definiu o placar: 2 a 0.

De acordo com Betinho, com o gol de falta no final do primeiro tempo, ele foi obrigado a mudar a estratégia. “Tivemos que atacar mais e acabamos deixando mais espaços, o Guarani explorou esta situação. O Nacional não merecia esta derrota pelo que produziu. No entanto, futebol não é merecimento. É eficiência. Eles foram eficientes e fizeram os dois gols. Nós tivemos chances e não fizemos. Saímos com o resultado adverso. Falei para o grupo que não há tempo para se lamentar. Agora em casa, contra o Votuporanguense, precisamos buscar a nossa primeira vitória”, concluiu.

Na próxima rodada, quarta-feira (24/01), o Nacional recebe a Votuporanguense, às 16h00, no Nicolau Alayon.

Guarani: Bruno Brígido; Lenon, Lucas Kal, Willian Rocha e Salomão (Marcílio); Baraka, Ricardinho, Rondinelly e Nazário (Gabriel Leite); Erik e Bruno Mendes (Bertoluzo).

Técnico: Umberto Louzer

Nacional: Felipe; Thiaguinho, Jeferson, Everton Dias e Caio Mendes; Ferdinando (Marcelinho), Luizinho (Bruno Xavier), Vitor Braga e Thiago Santos (Naldinho); Negueba e Bruno Nunes.

Técnico: Betinho.

Colaboração: Vinícius Bacelar

Fotos: Ale Vianna/ Divulgação Nacional

20-JAN-18- CAMPEONATO PAULISTA A2 - GUARANI 2 x 0 NACIONAL

Deixe uma resposta

Top